logo

AGENCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL

NATIONAL CIVIL AVIATION AGENCY - BRAZIL

Especificações Operativas - RBAC 135 Revisão
Operations Specifications 32
Aero Rio Táxi Aéreo Ltda Data
13/11/2019
1. Informações do Operador
Operator Information
Razão Social do Operador
Corporate Name of the Operator
Aero Rio Táxi Aéreo Ltda
Número do COA Data de emissão do COA CNPJ
COA Number COA Date Company Registration Number
2017-09-0CEE-01-02 09/05/2017 02.148.467/0001-09
Espécie de servico
Kind of service
X

Operação por Demanda

On Demand Operation

Operação Complementar

Commuter Operation

Ligação Aérea Sistemática

Specific Air Route

Endereço da Sede Operacional
Address of Principal Base of Operations
Avenida Vinte de Janeiro, S/N, Aeroporto do Galeão, Setor Norte (paralelo ao sistema 10-28, lote H-5), Rio de Janeiro - RJ, 21941-900
Endereço da Base Principal de Operações
Address of Main Operations Base
Avenida Vinte de Janeiro, S/N, Setor Norte(paralelo ao sistema 10-28, Lote H-5), Rio de Janeiro - RJ, SBGL, 21941-900
Endereço da Base Principal de Manutenção
Address of Main Maintenance Base
Avenida Vinte de Janeiro, S/N, Setor Norte(paralelo ao sistema 10-28, Lote H-5), Rio de Janeiro - RJ, SBGL, 21941-900
Endereço(s) da(s) Base(s) Secundária(s) de Operações
Address(es) of Operations Base(s)
Endereço(s) da(s) Base(s) Secundária(s) de Manutenção
Address(es) of Maintenance Base(s)
  • Avenida Vinte de Janeiro, S/N, Setor Norte(paralelo ao sistema 10-28, Lote H-5), Rio de Janeiro - RJ, SBGL, 21941-900
2. Pessoal de Administração
Key Personnel
Cargo RBAC Nome Completo CPF
Regulation Function Full Name Natural Persons Register of Brazil
Gestor Responsável Aécio Malaguti Ferreira 401.051.057-91
Chairman
Gerente de Segurança Operacional Renier Rocha da Silva 065.679.378-31
Safety Manager
Diretor de Operações Marco Aurélio Bezerra Salgueiro 521.041.096-04
Director of Operations
Piloto Chefe Thales Passos Torturella 099.183.021-00
Chief Pilot
Diretor de Manutenção Erlaine de Souza Machado 365.465.856-34
Director of Maintenance
3. Área de Operações
Area of operations
Aeronave Internacional Descrição
Aircraft International Description
PP-CGP Não Autorizado a operar no Brasil.
No
PP-WSR Sim Autorizado ao operar em todos os continentes.
Yes
PR-BAX Sim América do Sul (South America)
Yes
PR-GJR Não Autorizado a operar no Brasil
No
PR-NZV Sim Autorizado a operar em todos os continentes.
Yes
PR-VNZ Sim Autorizado a operar na América do Sul e Brasil
Yes
PR-WRO Sim Autorizado a operar em todos os continentes.
Yes
PR-WZR Sim Autorizado a operar na América do Sul e Brasil
Yes
PR-YRM Não Autorizado a operar no Brasil
No
4. Autorizações Específicas e Isenções
Specific Permits and Exemptions
a. Autorizações Específicas
Specific Permits
Autorização Descrição
Permit Description
- O operador não possui autorização específica (the operator dos not have a specific permit)
b. Isenções
Exemptions
Aeronave Descrição
Aircraft Description
PP-CGP O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
PP-WSR O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
PR-BAX O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
PR-GJR O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
PR-NZV O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
PR-VNZ O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
PR-WRO O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
PR-WZR O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
PR-YRM O operador não possui nenhum tipo de isenção aos requisitos regulamentares (the operator does not have any exemption from regulation requirements)
5. Manutenção de Aeronaves
Aircraft Maintenance
a. Manutenção em Base
In-Base Maintenance
Modelo Fabricante Limitação dos Serviços Base de Manutenção
Model Manufacturer Limitation of Services Maintenance Base
EC 155 B1 AIRBUS HELICOPTER Manutenção de linha. Célula: Inspeções até o nível de 100h ou 12M, e 400H fora de fase previstas no programa de manutenção da aeronave, Motor: Inspeções até o nível de 300h e 12M prevista no programa de manutenção do motor. - Inspeções de Pré-Voo; - Inspeções Visuais e tarefas cuja execução não sejam de alta complexidade ou realizadas utilizando práticas padrões; - Manutenção preventive prevista no item ?C? do apêndice ?A? do RBAC 43, conforme aplicável, desde que, não requeira ferramentas especiais, até o nível de manutenção de linha; - Atestar IAM; - Inspeção Anual (requisitos ANAC) dos itens de emergência e selva primeiros socorros e medicos, coletes, flutuadores e extintor de incêndio; - Check do VOR, ELT, Air Data, Transponder, conforme 91.171, 91.207, 91.411, 91.413 e checks funcionais e operacionais requeridos pelos fabricantes; - Diretrizes de Aeronavegabilidade e boletins desde que estejam no mesmo nível da manutenção de linha autorizada; - Troca de LRU; - Lavagem de Compressor; e - Efetuar limpeza de QTU, abastecimento de QTA, teste do EVAS. SBGL
429 BELL HELICOPTER Manutenção de Linha. Célula: Inspeções até o nível de 800h ou 12M previstas no programa de manutenção da aeronave, Motor: Inspeções até o nível de 600h ou 12M prevista no programa de manutenção do motor. Inspeção de dois anos do CVR e FDR. - Inspeções de Pré-Voo; - Inspeções Visuais e tarefas cuja execução não sejam de alta complexidade ou realizadas utilizando práticas padrões; - Manutenção preventive prevista no item ?C? do apêndice ?A? do RBAC 43, conforme aplicável, desde que, não requeira ferramentas especiais, até o nível de manutenção de linha; - Atestar IAM; - Inspeção Anual (requisitos ANAC) dos itens de emergência e selva primeiros socorros e medicos, coletes, flutuadores e extintor de incêndio; - Check do VOR, ELT, Air Data, Transponder, conforme 91.171, 91.207, 91.411, 91.413 e checks funcionais e operacionais requeridos pelos fabricantes; - Diretrizes de Aeronavegabilidade e boletins desde que estejam no mesmo nível da manutenção de linha autorizada; - Troca de LRU; - Lavagem de Compressor; e - Efetuar limpeza de QTU, abastecimento de QTA, teste do EVAS. SBGL
208B CESSNA AIRCRAFT Manutenção de Linha. Célula: Inspeções até o nível de 200h/12m previstas no programa de manutenção da aeronave, Motor: Inspeções até o nível de minor, 200h, a tarefa de inspeção do ?magnetic pins? do detector magnético, do ?inlet screen? e troca do ?outlet filter? do sistema de combustível prevista no programa de manutenção do motor. - Inspeções de Pré-Voo; - Inspeções Visuais e tarefas cuja execução não sejam de alta complexidade ou realizadas utilizando práticas padrões; - Manutenção preventive prevista no item ?C? do apêndice ?A? do RBAC 43, conforme aplicável, desde que, não requeira ferramentas especiais, até o nível de manutenção de linha; - Atestar IAM; - Inspeção Anual (requisitos ANAC) dos itens de emergência e selva primeiros socorros e medicos, coletes, flutuadores e extintor de incêndio; - Check do VOR, ELT, Air Data, Transponder, conforme 91.171, 91.207, 91.411, 91.413 e checks funcionais e operacionais requeridos pelos fabricantes; - Diretrizes de Aeronavegabilidade e boletins desde que estejam no mesmo nível da manutenção de linha autorizada; - Troca de LRU; - Lavagem de Compressor; e - Efetuar limpeza de QTU, abastecimento de QTA, teste do EVAS. SBGL
GV-SP GULFSTREAM Manutenção de Linha. Fabricante: GULFSTREAM, Modelo: GV-SP e G650, Limitação de serviços: Célula: A tarefa de inspeção do Main and Nose Landing Gear - lubrification, APU oil - servincing, previstas no programa de manutenção da aeronave - Inspeções de Pré-Voo; - Inspeções Visuais e tarefas cuja execução não sejam de alta complexidade ou realizadas utilizando práticas padrões; - Manutenção preventive prevista no item ?C? do apêndice ?A? do RBAC 43, conforme aplicável, desde que, não requeira ferramentas especiais, até o nível de manutenção de linha; - Atestar IAM; - Inspeção Anual (requisitos ANAC) dos itens de emergência e selva primeiros socorros e medicos, coletes, flutuadores e extintor de incêndio; - Tarefa anual EVAS, Emergency Power Supply, pesagem da garrafa de extinção de fogo do cockpit/cabin/eng/apu, inspeção e tratamento contra corrosão com aplicação de produto (short time interval); - Check do VOR, ELT, Air Data, Transponder, conforme 91.171, 91.207, 91.411, 91.413 e checks funcionais e operacionais requeridos pelos fabricantes; - Diretrizes de Aeronavegabilidade e boletins desde que estejam no mesmo nível da manutenção de linha autorizada; - Troca de LRU; - Lavagem de Compressor; e - Efetuar limpeza de QTU, abastecimento de QTA, teste do EVAS. SBGL
PC-12/47E PILATUS AIRFRAME 100 flying hours - 100 hours Inspection - AMM 12-B-05-20-00-00A-018A-A; - Clean, Vapor cycle compressor condenser module ? AMM 12-B-05-00-01-00A-010A-A. 200 flying hours - Brush inspection, Generator 1 Brush inspection - AMM 12-B-24-30-01-00A-313A-A; - Brush inspection, Starter generator 2 - AMM 12-B-24-30-01-00A-313A-A. 400 flying hours - Operacional test, Passenger oxygen system ? AMM 12-B-35-00-00-00A-903A-A. 500 flying hours - Re-oil, Cold air unit - AMM 12-B-21-40-02-00A-902A-A ; - Inspection/check, Heat exchanger matrix - AMM 12-B-21-40-02-00A-313A-A; - Clean, Water separator condenser - AMM 12-B-21-40-03-00A-250A-A. 500 Operational hours - Check for tension, Vapor cycle compressor motor drive belt - AMM 12-B-21-50-01-00A-903A-A; - Inspection/check, Vapor cycle compressor motor - AMM 12-B-21-50-03-00A-313A-A. Annual Inspection - Annual inspection ? AMM 12-B-05-20-00-00A-018A-A; - Examine, Main landing gear shock absorber top and bottom attachment bolts and nuts - AMM 12-B-32-10-00-00A-310B-A. Annual Inspection or 150 flight hours - Lubricate, Flap actuators - AMM 12-B-27-50-00-00A-902A-A; - Inspection / Check ? Inboard Flap drive arms ? AMM 12-B-27-51-00-00A-313A-A. Annual inspection or 1000 flying hours or 1300 landings - Backlash check, - AMM 12-B-27-50-03-00A-313A-A. Annual or 2000 flying hours - Operational test, Emergency gear extension system -AMM 12-B-32-30-10-00A-903A-A; - Loosen and move the spring strut and examine the springs - AMM 12-B-32-10-06-00A-313A-A; - Functional test, Time delay and power contactors - AMM 12-B-32-30-08-00A-903A-A Annual Inspection or 3000 flying hours - Check, ECS emergency shut-off system ? AMM 12-B-04-00-00-00A-000A-A; - Operational test, Pressurization Dump switch - AMM 12-B-21-30-00-00A-903A-A; - Functional test, Generator Control Unit (GCU) 1 and GCU 2 ? AMM 12-B-71-00-00-00A-903D-A; - Functional test, Horizontal stabilizer trim ? AMM 12-B-27-40-00-00A-903A-A. 1 month - External Corrosion Protection Inspection ? AMM 12-B-20-40-00-00A-901A-A. 6 months - Apply a surface coating of Age Master No. 1, Airfoil de-icers ? AMM 12-B-05-10-20-00A-281A-A. 12 months - Internal Corrosion Protection Inspection ? AMM 12-B-20-40-00-00A-901A-A; - Contents check, Fire extinguisher - AMM 12-B-05-10-20-00A-281A-A; - Inspection/check, Static ports critical area - AMM 12-B-53-30-01-00A-313A-A. 12 months or tire change - Lubricate, Main and nose wheel bearings - AMM 12-B-12-20-06-00A-902A-A. 12 months or 200 flying hours - Servicing, Flap up and down limit switches - AMM 12-B-12-20-07-00A-902A-A. 12 Months or 500 flying hours - Torque Limiter Test, Power plant - AMM 12-B-71-00-00-00A-903G-A; - Clean, Engine torque and stick pusher torque transducers electrical connectors - AMM 12-B-71-00-03-00A-250A-A. 12 months or 1000 flying hours - Remove for clutch check, Servo mount (pitch, roll and yaw) - AMM 12-B-22-10-00-00A-313A-A. 12 months or 1200 flying hours - Lubricate, Aileron Control System Bearing - AMM 12-B-27-10-00-00A-901A-A. 12 months or 2000 flying hours - Inspection/check, Electro-mechanical Landing hinge pin and bushes - AMM 12-B-32-10-00-00A-313B-A 12 months or 3000 flying hours - Functional test, Propeller feathering micro switches - AMM 12-B-76-10-02-00A-903A-A. 3 years - Inspection/check, Passenger oxygen masks - AMM 12-B-35-20-00-00A-313A-A. ENGINE 100 flying hours - Minor Inspection; - Clean filter pneumatic system ? EMM 73-10-07; - Clean and inspect P3 filter drain valve housing assembly ? EMM 73-10-07; - Inspect the oil filter and secondary screen ? EMM 79-20-02; 400 flying hours - Check ignition exciter for installation and condition - EMM 74-10-00; - Check ignition cables for chafing, wear and installation - EMM 74-20-00; - Check spark igniters for cleanliness and erosion - EMM 74-20-00. 600 flying hours - Check inlet screen for matter or distortion ? EMM 73-10-00. 1000 flying hours - Replace oil filter element - EMM 79-20-02. 6 months or 200 flying hours - Check the AGB internal scavenge pump inlet screen ? EMM 72-60-00. 12 months or 600 flying hours - Bridge chip detector - EMM 79-20-02. PROPELLER 12 months or 400 flying hours - Inspection Propeller IAW Owner Manual 147 - Inspeções de Pré-Voo; - Inspeções Visuais e tarefas cuja execução não sejam de alta complexidade ou realizadas utilizando práticas padrões; - Manutenção preventive prevista no item ?C? do apêndice ?A? do RBAC 43, conforme aplicável, desde que, não requeira ferramentas especiais, até o nível de manutenção de linha; - Atestar IAM; - Inspeção Anual (requisitos ANAC) dos itens de emergência e selva primeiros socorros e medicos, coletes, flutuadores e extintor de incêndio; - Check do VOR, ELT, Air Data, Transponder, conforme 91.171, 91.207, 91.411, 91.413 e checks funcionais e operacionais requeridos pelos fabricantes; - Diretrizes de Aeronavegabilidade e boletins desde que estejam no mesmo nível da manutenção de linha autorizada; - Troca de LRU; - Lavagem de Compressor; e - Efetuar limpeza de QTU, abastecimento de QTA, teste do EVAS. SBGL
GVI GULFSTREAM Manutenção de Linha. Fabricante: GULFSTREAM, Modelo: GVI, Limitação de serviços: Célula: A tarefa de inspeção do Main and Nose Landing Gear - lubrification, APU oil - servincing, previstas no programa de manutenção da aeronave - Inspeções de Pré-Voo; - Inspeções Visuais e tarefas cuja execução não sejam de alta complexidade ou realizadas utilizando práticas padrões; - Manutenção preventive prevista no item ?C? do apêndice ?A? do RBAC 43, conforme aplicável, desde que, não requeira ferramentas especiais, até o nível de manutenção de linha; - Atestar IAM; - Inspeção Anual (requisitos ANAC) dos itens de emergência e selva primeiros socorros e medicos, coletes, flutuadores e extintor de incêndio; - Tarefa anual EVAS, Emergency Power Supply, pesagem da garrafa de extinção de fogo do cockpit/cabin/eng/apu, inspeção e tratamento contra corrosão com aplicação de produto (short time interval); - Check do VOR, ELT, Air Data, Transponder, conforme 91.171, 91.207, 91.411, 91.413 e checks funcionais e operacionais requeridos pelos fabricantes; - Diretrizes de Aeronavegabilidade e boletins desde que estejam no mesmo nível da manutenção de linha autorizada; - Troca de LRU; - Lavagem de Compressor; e - Efetuar limpeza de QTU, abastecimento de QTA, teste do EVAS. SBGL
b. Manutenção Fora de Base
Off-Base Maintenance
Modelo Fabricante Limitação dos Serviços Base de Manutenção
Model Manufacturer Limitation of Services Maintenance Base
EC 155 B1 AIRBUS HELICOPTER A AERO RIO TÁXI AÉREO LTDA poderá executar manutenção de caráter EVENTUAL e EXTRAORDINÁRIO, para as aeronaves de sua frota, fora de sede, com as mesmas limitações para manutenções na sede. Manutenção programada, isto é, que não possui caráter eventual e extraordinário, somente poderá ser realizada fora desde se precedida de autorização formal da ANAC. Manutenção Fora de Sede
429 BELL HELICOPTER A AERO RIO TÁXI AÉREO LTDA poderá executar manutenção de caráter EVENTUAL e EXTRAORDINÁRIO, para as aeronaves de sua frota, fora de sede, com as mesmas limitações para manutenções na sede. Manutenção programada, isto é, que não possui caráter eventual e extraordinário, somente poderá ser realizada fora desde se precedida de autorização formal da ANAC. Manutenção Fora de Sede
GVI GULFSTREAM A AERO RIO TÁXI AÉREO LTDA poderá executar manutenção de caráter EVENTUAL e EXTRAORDINÁRIO, para as aeronaves de sua frota, fora de sede, com as mesmas limitações para manutenções na sede. Manutenção programada, isto é, que não possui caráter eventual e extraordinário, somente poderá ser realizada fora desde se precedida de autorização formal da ANAC. Manutenção Fora de Sede
208B CESSNA AIRCRAFT A AERO RIO TÁXI AÉREO LTDA poderá executar manutenção de caráter EVENTUAL e EXTRAORDINÁRIO, para as aeronaves de sua frota, fora de sede, com as mesmas limitações para manutenções na sede. Manutenção programada, isto é, que não possui caráter eventual e extraordinário, somente poderá ser realizada fora desde se precedida de autorização formal da ANAC. Manutenção Fora de Sede
GV-SP GULFSTREAM A AERO RIO TÁXI AÉREO LTDA poderá executar manutenção de caráter EVENTUAL e EXTRAORDINÁRIO, para as aeronaves de sua frota, fora de sede, com as mesmas limitações para manutenções na sede. Manutenção programada, isto é, que não possui caráter eventual e extraordinário, somente poderá ser realizada fora desde se precedida de autorização formal da ANAC. Manutenção fora da base.
PC-12 PILATUS A AERO RIO TÁXI AÉREO LTDA poderá executar manutenção de caráter EVENTUAL e EXTRAORDINÁRIO, para as aeronaves de sua frota, fora de sede, com as mesmas limitações para manutenções na sede. Manutenção programada, isto é, que não possui caráter eventual e extraordinário, somente poderá ser realizada fora desde se precedida de autorização formal da ANAC. Manutenção fora da base
6. Aeronaves Autorizadas
Authorized Aircraft
a. Aeronaves de Asa Fixa
Fixed-Wing Aircraft
Item
Matricula
Fabricante
Modelo
Nº de Série
Config. Max. PAX (c.c. CA)
Transp de PAX
Carga em CCA
Op. conforme 135.243(d)
LAS
ARP
Operação Complementar
AEM
MEL
EFB
IFR
IFR Single Pilot com PAX
RVSM
PBN
Etops/EDTO
Grde. Ext. de Água
NAT-MNPS
ADS
ILS CAT II
ILS CAT III
HUD
EFVS
1 PP-WSR GULFSTREAM GVI 6139 14 S N N N N N N S S S N S S S S S N N N N N
2 PR-BAX CESSNA AIRCRAFT 208B 2247 9 S N N N N N N S N S N N N N N N N N N N N
3 PR-NZV GULFSTREAM GV-SP 5505 16 S N N N N N N S S S N S S S S S N N N N N
4 PR-VNZ PILATUS PC-12/47E 1662 8 S N N N N N N S S S N N S N N N N N N N N
5 PR-WRO GULFSTREAM GV-SP 5236 16 S N N N N N N S S S N S S S S S N N N N N
6 PR-WZR CESSNA AIRCRAFT 208B 5135 9 S N N N N N N S S S N N S N N N N N N N N
b. Aeronaves de Asa Rotativa
Rotary-Wing Aircraft
Item
Matricula
Fabricante
Modelo
Nº de Série
Config. Max. PAX (c.c. CA)
Transp de PAX
Carga em CCA
Op. conforme 135.243(d)
LAS
ARP
AEM
OFS
MEL
EFB
IFR
IFR Single Pilot com PAX
PBN
Grde. Ext. de Água
ADS
ILS CAT II
HUD
EFVS
1 PP-CGP BELL HELICOPTER 429 57254 6 S N N N N N N S S S N N N N N N N
2 PR-GJR BELL HELICOPTER 429 57189 6 S N N N N N N S S S N N N N N N N
3 PR-YRM AIRBUS HELICOPTER EC 155 B1 6985 8 S N N N N N N S S S N S N N N N N
7. Operações PBN Autorizadas e Códigos dos Equipamentos
Permitted PBN Operations and Equipments
Item
Matrícula
RNAV 1
RNAV 2
RNAV 5
RNAV 10
RNP 1 Básica
RNP 1 Avançada
RNP 4
RNP APCH
RNP AR APCH
APV Baro VNAV
1 PP-CGP Não Não Não Não Não Não Não Não Não Não
2 PP-WSR D1, D2, D3, D4 C1, C2, C3, C4 B1, B2, B3, B4, B5 A1 O1, O2, O3, O4 Não L1 S1 Não S2
3 PR-BAX Não Não Não Não Não Não Não Não Não Não
4 PR-GJR Não Não Não Não Não Não Não Não Não Não
5 PR-NZV D1, D2, D3, D4 C1, C2, C3, C4 B1, B2, B3, B4, B5 A1 O1, O2, O3, O4 Não Não S1 Não Não
6 PR-VNZ D1, D2, D3, D4 C1, C2, C3, C4 B1, B2, B3, B4, B5 A1 Não Não L1 Não Não Não
7 PR-WRO D1, D2, D3, D4 C1, C2, C3, C4 B1, B2, B3, B4, B5 A1 O1, O2, O3, O4 Não Não S1 Não Não
8 PR-WZR D1, D2, D3, D4 C1, C2, C3, C4 B1, B2, B3, B4, B5 A1 O1, O2, O3, O4 Não L1 Não Não Não
9 PR-YRM D2 C2 B2 Não Não Não Não Não Não Não
8. Siglas e Abreviaturas
Acronyms and Abbreviations
Sigla Descrição Sigla Descrição
ADS Vigilância Dependente Automática Etops
Automatic Dependent Surveillance Extended Twin Engine Operations
AEM Transporte de Passageiros Enfermos Goag Gerência de Operações da Aviação Geral
Air Medical Transport Management of General Aviation Operations of ANAC
CA Certificado de Aeronavegabilidade GTPO Gerência Técnica de Padrões Operacionais
Certificate of Airworthiness (CofA) Technical Management of Operational Standards of Anac
CAT II Sistema de Aproximação por Instrumentos de Categoria II HUD
Instrument Landing System of Category II Head Up Display
CAT III Sistema de Aproximação por Instrumentos de Categoria III NAT-MNPS
Instrument Landing System of Category III North Atlantic-Minimum Navigation Performance Specification
CCA Configuração Cargueira Aprovada OFS Operação em Plataforma
Approved Cargo Configuration Off-Shore Operation
CNPJ Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica PAX Passageiro
Company Registration Number of Brazil Passenger
COA Certificado de Operador Aéreo PBN Navegação Baseada em Performance
Air Operator`s Certificate Performance-Based Navigation
Comat RBAC Regulamento Brasileiro de Aviação Civil
Company Material Brazilian Civil Aviation Regulation
CPDLC RBHA Regulamento Brasileiro de Homologação Aeronáutica
Controller-Pilot Data Link Communications Brazilian Aeronautical Certification Regulation (becoming disused)
DG Transporte de Artigos Perigosos RNAV Navegação de Área
Dangerous Goods Transport Area Navigation
EDTO RNP Desempenho de Navegação Requerido
Extended Diversion Time Operation Required Navigation Performance
EFB RVSM Separação Vertical Mínima Reduzida
Eletronic Flight Bag Reduced Vertical Separation Minima
EFVS SPO Superintendência de Padrões Operacionais
Enhanced Flight Vision System Department of Operations Standards of Anac
9. Controle de Revisões
Control of Revisions
Revisão Resumo das modificações Processo
Revision number Summary of changes Process number
32 Mudança da Base Secundária de Manutenção para a Base Principal em SBGL e retirada da autorização de manutenção própria para a aeronave Gulfstream G280. 00066.013133/2019-08
31 Inclusão das seguintes autorizações de operação PBN para a aeronave, Helicóptero EC155B1, fabricante Airbus Helicopter de matrícula PR-YRM: Operações RNAV1 (D2), RNAV2 (C2) e RNAV5 (B2) 00066.019766/2019-11
30 Inclusão da aeronave de Fabricante Textron Aviation, modelo C208B, N/S 2247 e matrícula PR-BAX. 00066.018949/2019-10
29 Retirada de autorização para operação RNP AR APCH para a aeronave PP-WSR 00058.018322/2019-68
28 Correção de autorização para execução de manutenção suprimida na Revisão 21 00066.013139/2019-77
27 EXCLUSÃO DA AERONAVE PP-MAO ( MODELO G-280) 00066.013080/2019-17
26 RETIRADA AUTORIZAÇÃO RNP AR APCH DA AERONAVE PP-WZR 00058.018322/2019-68
25 Correçoes diversas no cadastramento das Especificações Operativas no sistema WOPs. 00066.006399/2019-96
24 Inclusão da aeronave Pilatus, modelo PC-12/47E, marcas PR-VNZ e tarefas de manutenção associadas à aeronave 00065.531276/2017-37
23 Mudança dos endereços da base principal e da sede administrativa 00065.522168/2016-92
22 Inclusão do uso definitivo de EFB 00065.507957/2016-01
21 Exclusão das Aeronaves PP-JRM, PR-TVG e PR-VZN e inclusão da inspeção de dois anos do CVR e FDR 00065.506254/2016-58

logotipo

Documento assinado eletronicamente por Joel Sebastiao Maia Junior, Gerente Técnico, em 14/11/2019, às 09:16, conforme horário oficial de Brasília, com fundamento no art. 6º, § 1º, do Decreto nº 8.539, de 8 de outubro de 2015.


QRCode Assinatura

A autenticidade deste documento pode ser conferida no site http://sistemas.anac.gov.br/sei/autenticidade, informando o código verificador 3727029 e o código CRC 4BEED920.




Referência: Processo nº 00066.013133/2019-08 SEI nº 3727029